Primeira dama Joana Darc pede apoio dos profissionais da saúde para preservar vidas de mulheres e recém-nascidos
Em cerimônia, a madrinha do projeto inaugurou a sala do projeto Bem Nascer, idealizado pela Secretaria de Estado de Saúde com o apoio e comprometimento do município de Nova Andradina

Com o propósito de evitar a mortalidade materna e infantil em Nova Andradina foi lançado nesta sexta-feira, dia 04 de março, o projeto “Bem Nascer”, idealizado pelo governo de MS, através da Secretaria de Estado de Saúde com o apoio e comprometimento do município.

Atuando como madrinha do Bem Nascer, a primeira dama Joana Darc Bono Garcia participou da cerimônia de lançamento do projeto no Paço Municipal e falou da importância desta ação para a melhorar a estruturação dos serviços de saúde que ofertam atendimentos às crianças e mulheres.

 “Meu papel como madrinha é de incentivar, fortalecer e fazer com que esse projeto funcione, com um pré-natal bem feito e um acompanhamento da criança depois do nascimento. Faço tudo com amor e carinho, mas sozinha não conseguirei atingir essa meta. Por isso, quero pedir o apoio de todos os profissionais da saúde na missão de preservar vidas das mulheres e de recém-nascidos”, declarou Joana Darc.

A primeira dama disse ainda que se sente à vontade para acompanhar a execução das ações na rede municipal de saúde pois desde a primeira gestão do prefeito Gilberto está engajada em trabalhos de prevenção e saúde da mulher, além de campanhas sociais como a distribuição de sopão no inverno para a população vulnerável, e mais diversas outras iniciativas de caráter social.

Nova Andradina já recebeu um aparelho de ultrassonagrafia portátil e irá receber um total de R$ 109.848,00 para aquisição de aparelhos como cardiotocógrafo e detector fetal. Além disso, os recursos serão empregados na qualificação, treinamentos e recursos financeiros para contratar mais médicos, assistentes sociais e outros profissionais essenciais para o desenvolvimento deste projeto.

A coordenadora do programa saúde da mulher e da criança, Ingrid Bombieri Travain, ressaltou as atividades desenvolvidas pelo governo municipal, através das secretarias de saúde, assistência social e educação como pré-natal, planejamento familiar, divulgação de métodos contraceptivos, distribuição de enxovais para os bebês e programa Criança Feliz.

“O estado vem com esta proposta para reduzir os índices de mortalidade materna e infantil, pois na pandemia os números aumentaram de forma preocupante. Até 2020, os números de óbitos variavam de 15 a 20 por ano. Em 2021, chegou a 51 mortes após o parto. Foi um salto enorme. Isso pode ser associado à Covid, como também a outros fatores como obesidade, diabetes e outras doenças evitáveis”, relata Ingrid.

O secretário Sérgio Maximiano e o prefeito Gilberto Garcia fizeram questão de agradecer os médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e todos os demais profissionais da rede municipal de saúde pelo trabalho desenvolvido, que é referência no estado de MS.

“O município já desenvolve o programa inédito no estado, que é o “Mamãe Saudável BEBÊ FELIZ”, de incentivo ao aleitamento materno, essencial para fortalecimento imunológico e crescimento saudável do bebê. Este novo projeto do governo do estado fortalece ainda o trabalho já desenvolvido na nossa rede em benefício das mamães e dos bebês. Parabenizo o prefeito Gilberto e a primeira dama Joana Darc pelo apoio incondicional ao projeto Bem Nascer, que vem dar uma atenção especial as gestantes em situação de risco, que possamos cumprir as metas do programa, porque isso significa salvar vidas”, reiterou Sérgio.

Enaltecendo essa iniciativa do governador Azambuja e do secretário Geraldo Resende, o prefeito Gilberto Garcia disse que Nova Andradina apresenta baixos índices de mortalidade materna e infantil, mas que o aumento de casos no estado acende um alerta para os municípios. “Estamos investindo na implantação do parto humanizado no Hospital Regional e outras tantas ações que somadas a determinação da primeira dama Joana Darc, ao apoio dos servidores da saúde, da nossa rede de serviços como um todo, sem dúvidas, vamos nos tornar referência em saúde da mulher e da criança no estado de MS’, considerou o prefeito.

Estiveram presentes na cerimônia, o presidente da Câmara Leandro Fedossi, as vereadoras Márcia Lobo, Gabriela Delgado e Cida Valdez, o vereador Arion Aislan, secretários municipais, o diretor do HR, Norberto Fabri, médicos e equipes de trabalho das ESFs, equipe de coordenação da SMS, imprensa escrita e falada.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.