Para evitar novos atrasos na entrega de medicamentos, Prefeitura e Codevale formalizam acordo

Nova Andradina recebeu nas últimas semanas mais de R$ 250 mil em medicamentos para a Farmácia Municipal, liberados através do consórcio público

Para evitar novos atrasos na entrega de medicamentos da Farmácia Básica Municipal, a diretoria executiva do Consórcio Público de Desenvolvimento do Vale do Ivinhema (Codevale) se reuniu com os representantes da Prefeitura de Nova Andradina na última segunda-feira (4) para somar os esforços no sentido de resolver a situação junto aos fornecedores.

Participaram da reunião extraordinária, o secretário Sérgio Maximiano, o subsecretário Luiz Eduardo Gonçalves, a gerente de ações estratégicas, Milene Marques, e a farmacêutica, Tatiana Lopes. Da diretoria do consórcio estavam presentes o prefeito de Santa Rita do pardo, Lúcio Roberto Calixto Costa, diretora Daniele Cristina Cabriotti e o Coordenador da Saúde, Carlos Alberto Souza da Silva.

Na oportunidade, o titular da saúde de Nova Andradina explicou que notificou o Codevale e as empresas fornecedoras de fármacos sobre o atraso na entrega de 60% dos medicamentos adquiridos pelo governo municipal, através da ata de registros de preços 001/2021, do pregão eletrônico 010/2020 do consórcio.

“Fizemos também uma reportagem para informar aos usuários que o município estudava a possibilidade de mudar o processo para aquisição de medicamentos, na tentativa de agilizar e garantir a entrega dentro dos prazos estabelecidos”, reiterou o secretário Sérgio.

Para que o problema não volte a ocorrer, ocasionando problemas futuros para os municípios, ficou acordado que as secretarias municipais de saúde deverão emitir uma solicitação para a entrega de medicamentos junto aos fornecedores com cópia deste pedido para Codevale, por e-mail. Após 20 dias do envio deste documento, o consórcio solicitará informações sobre a entrega. Se não houver manifestação contrária, encerra-se este pedido. Caso tiver alguma inconformidade, o Codevale acionará as empresas pelos meios cabíveis.

“É importante manter esse alinhamento entre Codevale e os municípios, para que as demandas sejam atendidas da melhor maneira possível”, relatou o presidente Lúcio Costa.

Após a notificação da Codevale, Nova Andradina já recebeu mais de R$ 250 mil em medicamentos.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.