Nova Andradina: Mais de 6.700 alunos matriculados na rede municipal voltam às aulas


Prefeito Gilberto Garcia acompanhado da secretária de Educação, Giuliana Masculi acompanharam a recepção dos estudantes no primeiro dia de aula

Mais um ano letivo se inicia em Nova Andradina e com ele, novas expectativas, novos projetos, novos anseios, novos desejos de que tudo ocorrerá dentro do esperado. Nesta quinta-feira (8), os estudantes matriculados na Rede Municipal de Ensino foram acolhidos por professores e diretores para a nova jornada educacional.

Mais de 6.700 alunos estão matriculados na rede, incluindo Ensino Fundamental e Centros de Educação Infantil (CEINFs). Para facilitar a adaptação, os dois primeiros dias de aula terão horário especial, das 7h às 9h30 no período da manhã e das 12h50 às 15h30 no período da tarde. Após o feriado de Carnaval, as atividades escolares serão retomadas em período normal.

O prefeito Gilberto Garcia e a secretária de Educação, Cultura e Esporte, Giuliana Masculi, estiveram na manhã desta quinta-feira (8) nas escolas Pingo de Gente e Brincando de Aprender acompanhando a recepção dos estudantes no primeiro dia de aula.

A secretária Giuliana destacou que as escolas estão preparadas para os 200 dias de ano letivo que estão por vir. “O ano letivo foi preparado com muito cuidado e espero que os estudantes tenham muito aprendizado e oportunidades ao longo de 2024”, disse.

O prefeito Gilberto Garcia garantiu que os kits escolares serão entregues nas próximas semanas a todos os estudantes matriculados na rede. Ele afirmou que a iniciativa visa garantir que os alunos tenham acesso aos materiais necessários para um bom desempenho escolar e que a gestão municipal está empenhada em proporcionar as melhores condições de aprendizado para a comunidade escolar.

Os mais de 6.700 alunos estão distribuídos em 20 unidades escolares, sendo Antônio Joaquim de Moura Andrade, Arco Íris, Brincando de Aprender, Luís Cláudio Josué, Machado de Assis, Mundo da Criança, Pingo de Gente, Profº Delmiro Salvione Bonin, Profª. Efantina de Quadros, Profº João de Lima Paes, além dos Ceinfs Elizabeth Robiano, Luiz Carlos Sampaio, Marly Moretti Hernandes, Monteiro Lobato, Odila Carrara, Paulo Silveira Fattor, Pequeno Príncipe, Rita Ribeiro Hashinokuti, Sonho de Criança e Braz de Assis Nogueira.

O calendário escolar prevê 200 dias letivos, seguindo os parâmetros da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), que determina um mínimo de 800 horas/aula ou 200 dias.