Caminhada pela Paz encerra ações do Agosto Lilás em Nova Andradina


Participantes se concentraram no centro da cidade e seguiram em caminhada até o Paço Municipal, encerrando Campanha em ato público

A Campanha Agosto Lilás foi encerrada na última quinta-feira (31), com a realização da Caminhada pela Paz, saindo do eixo central da cidade até o Paço Municipal, num manifesto em defesa pela vida da mulher, pela erradicação da violência doméstica, celebrando também o encerramento das ações no último mês. 

A Caminhada pela Paz teve seu ponto alto no ato de encerramento no calçamento em frente ao Paço Municipal, onde foi formada uma plataforma de autoridades, recepcionadas pela secretária municipal de Cidadania e Assistência Social, Delma Prado, ao lado das secretárias municipais Giuliana Masculi Pokrywiecki (Educação) e Juliana Lopes (Desenvolvimento); também presentes os secretários municipais Júlio César Castro Marques (Infraestrutura), Hernandes Ortiz (Saúde), Valter Valentim (Administração), além do Procurador do Município, Daniel Bastos. A Câmara foi representada pelas vereadoras Márcia Lobo, Cida Valdez e Gabriela Delgado e pelo vereador Arion Aislan.

"Encerrando nesta sexta-feira as nossas atividades do Agosto Lilás quero lembrar que neste mês, realizamos palestras, panfletagens, divulgação pela imprensa e nas redes sociais. O apoio da nossa rede de multiplicadores, presente tanto no Poder Público como na esfera privada foi fundamental nesta Caminhada", disse Delma Prado.

Arlethe Paola, coordenadora de Políticas Públicas para a Mulher destacou que, à Caminhada pela Paz, se uniram lideranças e agentes da sociedade civil e governos, elencando as ações realizadas durante o "Agosto Lilás", articuladas pela Coordenadoria da Mulher de Nova Andradina.

"Dentre todos os esforços reunidos e celebrados nesta Caminhada pela Paz, agradecemos a participação da OAB, do Poder Judiciário, do Ministério Público, dos Serviços Socioassistenciais, da Procuradoria da Mulher do Legislativo, do Conselho do Direito da Mulher, das Secretarias municipais de Educação e Saúde, das universidades (UFMS, IFMS e UEMS), do Promuse (Programa Mulher Segura da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul), da CRAM (Centro de Referência em Atendimento à Mulher, da DAM (Delegacia da Mulher), APAE, dentre outros atores que compõem nossa rede de proteção à mulher", agradeceu Arlethe.

O “Agosto Lilás” é uma campanha de enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher, e tem por objetivo, divulgar a Lei Maria da Penha, os serviços especializados da rede de atendimento à mulher e os mecanismos de denúncia existentes.