Dia Nacional dos Desbravadores é aprovado pela CCJ
Após etapa na Câmara dos Deputados, texto deve ser aprovado pelo Senado
 O Clube de Desbravadores foi fundado oficialmente em 1950. Ao longo de sua existência, tem impactado gerações em todo o mundo (Foto: Divulgação)

Em resposta a uma petição feita pelo Clube de Desbravadores em 2018, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira, 15 de julho, o projeto de Lei 3936/19, que institui 20 de setembro como o Dia Nacional dos Desbravadores. 

Na Casa, o texto tramitou em caráter conclusivo, o que exclui a necessidade de deliberação do Plenário, a não ser que exista recurso para tal. Agora, o pedido segue para análise do Senado. Posteriormente, se aprovado, deverá ser assinado pelo presidente da República (entenda mais sobre o processo aqui).

Leia também:

 Desbravadores poderão ter Dia Nacional

Anualmente, os desbravadores celebram seu dia no terceiro sábado do mês de setembro em mais de 160 países onde estão presentes, data em que também realizam ações específicas em prol de suas comunidades. Apenas no Brasil são 243.237 desbravadores ativos, divididos em 9.522 clubes espalhados por 2.251 cidades do território nacional. 

Em entrevista à Agência Adventista Sul-Americana de Notícias (ASN), o autor do projeto, deputado Tadeu Alencar (PSB-PE), ressalta que é fundamental ter iniciativas da sociedade civil que mobilizem jovens para fazer a diferença em suas comunidades. “[Os desbravadores] desempenham um grande trabalho de fortalecimento da cidadania, de encaminhamento dos jovens para que possam acolher na sua conduta a importância da participação da vida em sociedade em um país que tem tantos desafios, e o maior deles é a desigualdade. O Clube de Desbravadores cumpre, de maneira exemplar, esse papel”, esclarece.

Segundo ele, estabelecer uma data nacional desperta a atenção para a importância do que é feito pela agremiação, como ações que visam o desenvolvimento físico, mental e espiritual, além de orientação sobre saúde, família, segurança pública, cidadania, religião e o combate às drogas . “O estabelecimento desse dia não é apenas para fazer uma homenagem de reconhecimento àqueles que já realizam esse trabalho, [mas] também expandir as suas fronteiras para que mais gente possa se engajar, e o benefício da obra desses clubes possa ser ampliado para o conjunto da sociedade”, destaca.

“Eles gastam energia com aquilo que é útil, desenvolvem boas habilidades e trazem contribuições efetivas para as pessoas. Em inúmeros locais já temos o dia municipal e estadual. Ter um dia nacional é o reconhecimento de que essa instituição é uma grande contribuição para o Brasil”, sublinha o pastor Udolcy Zukowski, diretor dos desbravadores para oito países da América do Sul. 

Desenvolvimento constante 

Embora a pandemia do novo coronavírus tenha paralisado as atividades presenciais, os clubes continuaram ativos de forma virtual. Ao longo dos últimos meses, permanecer em casa em isolamento potencializou os índices de depressão, inclusive entre jovens. 

Uma das iniciativas para minimizar esse impacto foi a realização de atividades online, como “acampadentro”, camping em casa e acampamento no quarto, em que barracas improvisadas minimizaram o distanciamento com a natureza e potencializam o contato interativo com outras pessoas. 

“Além disso, ensinamos especialidades contra doenças contagiosas, epidemias. O Clube se reinventa para atender as necessidades deles, de seus familiares e da sociedade”, reforça Zukowski. 

O Clube de Desbravadores é formado por meninos e meninas com idades entre 10 e 15 anos. Sem distinção de classes sociais, cor, raça ou religião, tem um contínuo programa de desenvolvimento de talentos e habilidades em mais de 465 opções, além do fortalecimento de seu crescimento físico, mental, social e espiritual.

Uma das principais atividades dos desbravadores está ligada ao cuidado e preservação da natureza, e atividades ao ar livre, como acampamentos (Foto: Divulgação)

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.