Avanços e Desafios da Agricultura Familiar foi tema de encontro entre gestores públicos e produtores
Entre as ações desenvolvidas no eixo compras públicas no âmbito do Programa Cidade Empreendedora, diversas oficinas já foram realizadas

Encontro realizado na quinta-feira (11) entre gestores públicos e produtores rurais debateu os avanços e desafios da Agricultura Familiar no município de Nova Andradina para os próximos anos.

A reunião integra mais uma etapa do programa Cidade Empreendedora, realizado pelo Sebrae em parceria com a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Integrado.

Estiveram presentes o secretário da pasta responsável pela ação, Hernandes Ortiz, a secretária de educação Giuliana Masculi Porkrywiecki, Emerson Nantes (finanças), Valter Valentin Pinto (administração e planejamento), agricultores familiares dos assentamentos São João e Santa Olga, que fornecem alimentos para a merenda escolar.

Entre os principais desafios apontados pelos produtores estão a necessidade de melhor planejamento das aquisições para o ano corrente, para que os produtores possam conciliar a sua produção e a antecipação do prazo para a elaboração das chamadas públicas.

Na outra ponta, os participantes comemoraram avanços importantes como a aproximação entre as secretarias demandantes de compras e os produtores, a melhora da qualidade da produção e da diversificação dos produtos oferecidos pela agricultura familiar.

Na análise do secretário Ortiz, o trabalho de consultoria já apresenta resultados positivos. “Os agricultores estão aprendendo a organizar os plantios, estabelecer os volumes e prazos de entregas e, ao mesmo tempo, houve um planejamento com os gestores municipais para fazer os pedidos de fornecimentos, seguindo o planejamento. Isso reflete diretamente na qualidade da nossa merenda escolar, que é considerada referência no estado de MS”, enfatizou o secretário.

Nas palavras de Hítalo Silva, a maior conquista até agora é o reconhecimento do produtor de que o município se preocupado com a agricultura familiar. “Eles sentem que as suas demandas estão sendo ouvidas pelo poder público e isso traz um senso de responsabilidade e comprometimento por parte do produtor.  Quem ganha com isso é a população, em especial, os alunos, que terão uma merenda nutritiva e saudável”, completou o consultor do Sebrae.

A oficina foi encerrada com a construção de um plano de ação para superar os desafios levantados, em que tanto os gestores públicos quanto os produtores se comprometeram a realizar as ações.

Cidade Empreendedora

Entre as ações desenvolvidas no eixo Compras Públicas no âmbito do Programa Cidade Empreendedora, diversas oficinas já foram realizadas tanto para os gestores públicos como para os produtores locais, com o intuito de organizar as compras públicas da agricultura familiar para os programas Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do município.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.